O contador: profissional estratégico e fundamental na administração das empresas

Hoje permito-me reproduzir, em parte, artigo publicado no site do Conselho Federal de Contabilidade ainda esta semana. Faço isso, não por falta de inspiração para desenvolver um tema, mas sim, por acreditar que a matéria em questão traduz com propriedade o que penso sobre essa nossa nobre profissão.

A atuação cotidiana do profissional da contabilidade significa muito mais do que “sobreviver” em um emaranhado de números, contas e balancetes, cercado de leis e inúmeras regras sobre o que pode e o que não pode na vida financeira e tributária de cada empresa.

O contador é o profissional que tem o conhecimento adequado para, além de registrar a movimentação contábil-financeira das empresas sob seus cuidados, colaborar com a economia do país, para que ela funcione de forma sustentável e de acordo com a legislação nacional.

Como? Oferecendo subsídios técnicos para que governos, instituições sociais e iniciativa privada se relacionem com o máximo de lisura.

Na gestão financeira das empresas – independentemente do porte, sejam elas pequenas, médias ou grandes – o profissional da contabilidade assume um papel fundamental na orientação sobre as finanças, sobre os gastos e as obrigações com o pessoal e, principalmente, sobre as regras tributárias que possibilitam a correta adequação ao regime de impostos e uma análise segura sobre a saúde do negócio e a sua capacidade de crescimento.

Nesse sentido, contar com a assessoria de um profissional da contabilidade pode ser encarado como fator de vida ou morte para uma empresa, pois ele (o contador), com seus conhecimentos especializados, pode oferecer um forte apoio ao empreendedor, que se traduz desde as orientações básicas sobre as obrigações tributárias, passando pelo aconselhamento dado à gestão administrativa, chegando, em alguns casos, na formulação de análises sobre questões trabalhistas na contratação de funcionários e até mesmo em um diagnóstico fundamentado sobre a saúde financeira da empresa.

O papel social do profissional da contabilidade é, portanto, de suma importância para o país. Sua atuação permite que empresas se desenvolvam, fazendo crescer a economia nacional, promovendo a geração de empregos e contribuindo para que toda a cadeia produtiva funcione financeiramente e socialmente bem.

É um trabalho que, se bem executado, tem efeitos incontestáveis no sucesso de microempresas ou na gestão estratégica de administradores de instituições de maior porte, principalmente em termos de governança corporativa, análise de riscos e avaliação da sustentabilidade econômica.

É também um trabalho social de muito peso, pois muitos atuam voluntariamente na manutenção da contabilidade de organizações sociais que transformam a realidade de muitas famílias pelo Brasil.

Atualização constante e olhar atento aos cenários político e econômico do país são requisitos fundamentais para o profissional da área, que precisa se manter à frente das alterações legislativas em debate, para antever cenários e ofertar seus serviços de assessoramento, oferecendo soluções assertivas, eficazes e com a agilidade que o cliente exige.

Todo profissional da contabilidade deve se orgulhar de sua atuação. Não somente no seu dia, comemorado em 25 de abril, mas em todos os momentos em que realiza suas tarefas com zelo e dignidade, oferecendo à sociedade a garantia de um trabalho que faz desenvolver toda a coletividade de forma justa e plena ou, porque não dizer, perfeita.

A presença de um contador em uma organização, seja ele colaborador pertencente ao quadro de funcionários da empresa ou terceirizado, se mostra fundamental para que economia e sociedade caminhem de forma harmônica e correta rumo ao sucesso.

Parabéns a nós todos!

Milton Braz Bonatti

Share:

Deixe uma resposta